Bairro João de Deus recebe atividade cultural em defesa da democracia

Nesta quinta- feira (25), aconteceu na praça da juventude do bairro João de Deus – Petrolina -PE, uma das várias atividades culturais que tem mobilizado a juventude petrolinense em defesa da democracia.

Movimento Juventude, cultura e democracia. Praça da Juventude do João de Deus Organização: Juventude Movimento Hip Hop,

Teatro, dança, música, atos públicos e outras manifestações, tem chamado a atenção da sociedade petrolinense especialmente da periferia  para a importância de defender direitos democráticos os quais poderão sofrerão grandes perdas por conta do que vem propondo o candidato da extrema direita.

Peça Chão -Grupo Balançarte Petrolin-PE A peça fala da relação do ser com a terra. Fotografia: Fernando

Segundo organizações, o que está em risco no atual senário político, não deve ser tratado apenas como uma questão de manipulação para manutenção de um poder partidária e sim de uma das maiores conquistas do povo. A jovem democracia brasileira, conquistada com muita luta, sangue e resistência, pode simplesmente deixar de existir diante do fascismo que se apresenta como proposta de governo para a nação brasileira.

Cine Papelão Exibição do filme “Pantera Negra” com a mediação do Professor @nilton.haddad.dasilva Foto: @liz_martinsss @ Associação das Mulheres Rendeiras

Cine Papelão Exibição do filme “Pantera Negra” com a mediação do Professor @nilton.haddad.dasilva Foto: @liz_martinsss @ Associação das Mulheres RendeirasOs riscos de voltarmos a uma outra ditadura são eminentes e a perda do direito a liberdades e conquistas já são pré-anunciadas. Especialistas de todas as áreas, social, econômica, política e intelectual do Brasil e do mundo, classificam o momento político no brasil como de auto risco e por isso é necessário que haja uma grande reflexão por parte da população a qual  esta para eleger a principal liderança do país.

Ato que envolveu mais de 50 mil pessoas entre Juazeiro- BA e Petrolina -PE Organização: ASA, MST e outros. Fotografia Chico Egídio

Com a crise financeira global que tem acometido vários países, nos três últimos anos o Brasil tem sido bombardeado por uma intensa batalha de poder que tem trazido como consequências retrocessos e perdas nas diversas áreas, especialmente no social o qual depende a maior parcela da população brasileira. Políticas essenciais de saúde, educação, moradia, trabalho e cultura, foram duramente atacadas, o que fez ressurgir graves problemas sociais como a fome, o desemprego e a violência.

Por estas razões não se pode agir de forma emocional e eleger apenas um governo de aparências e sim um que tenha compromissos e responsabilidades política, humana e social.