Senado derruba decreto das armas

A equipe do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sofreu uma nova derrota no Congresso Nacional na noite desta terça-feira (18), quando por 47 votos a 28, os senadores derrubaram os decretos que facilitaram o porte e a posse de armas de fogo. Agora, o texto seguirá para apreciação dos deputados na Câmara.

Antes da votação do Senado, a líder do governo, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), afirmou que o Palácio do Planalto avaliaria um “plano B” se os parlamentares derrubassem os decretos. Joice não detalhou, porém, qual seria a alternativa.

“Tem um grupo da coluna do meio que acha que apenas um pedaço do decreto poderia ser retirado, quer dizer, buscar alternativa, retirar um ponto ou outro, mas manter a espinha dorsal deste decreto das armas”, disse a líder.

Da página do Portal 60 Graus