Calendário de lutas populares uni entidades que atuam na defesa de direitos

Foi realizado neste sábado (30), a festa de confraternização de entidades parceiras realizadoras do Grito dos Excluídos 2019.

Celebrada na Associação das Mulheres Rendeiras – bairro José e Maria – Petrolina PE, o evento contou com a participação de representantes de entidades, movimentos sociais, religiosos, autoridades políticas e convidados/as.

O objetivo foi celebrar as parcerias constituídas para a organização do Grito dos Excluídos realizado em 2019 na cidade de Petrolina, como também, propor um novo encontro de planejamento para a construção de um calendário de lutas populares incluindo o Grito de 2020.

O Grito dos Excluídos é uma manifestação popular de cunho religioso e de caráter Político, que denuncia a exclusão social e as violações dos direitos humanos. É realizado especificamente no dia 7 de setembro e em  2020, terá a sua 26ª edição a qual acontece a nível nacional.

Entre as entidades organizadoras estão:

movimentos religiosos, comunidades tradicionais – quilombolas e indígenas,  movimentos sociais e entidades sindicais.

Nas falas dos/as participantes houve manifestação de solidariedade e de repúdio a violência policial sofrida por estudantes, artistas e um vereador petrolinense, ocorrido  no dia 24 de novembro no bairro Rio Corrente.

A festa foi animada por alunos/as do curso de Licenciatura em Música do IF Sertão Campus Petrolina.