OMS diz que quase 10% das mortes por Covid19 em 24 horas foram no Brasil

A Organização Mundial de Saúde informou hoje, 7, que o Brasil registrou 9,17% das mortes mundiais por coronavírus nas últimas 24 horas, um sinal de que o país está em curva ascendente entre a maioria dos afetados pela pandemia, que viveram o pior momento há 30 ou mais dias. Das 6.539 mortes registradas pela OMS no mundo 600 ocorreram no Brasil.

Ontem, a Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, que acompanha a pandemia em toda parte, divulgou que o Brasil alcançou o sexto em mortos e infectados no mundo. Há 10 dias, com 5.017 vítimas fatais, ultrapassamos o número de mortos por coronavírus na China, que totalizou 4.643 mortos pelo Covid19.

A situação brasileira só não é mais grave do que as dos Estados Unidos e do Reino Unido, segundo a OMS,

e começa a preocupar seus vizinhos sul-americanos. O presidente da Argentina, Alberto Fernández, disse quu o Brasil “representa um risco muito grande” e lembrou que só Chile e Equador não têm fronteiras conosco. O levantamento da Organização Mundial de saúde inclui dados remetidos pelos países computados até as cinco horas da manhã desta quinta-feira, pelo horário de Brasília.

Da página da ANF (http://www.anf.org.br/)